terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Refrigerantes: Prejudicial ou Não?


Sabe aquele refrigerante que acompanha a sua refeição, que mata a sua sede no dia-a-dia? Será que faz mal para nossa saúde? Para responder à esta e outras dúvidas, vamos falar um pouco sobre esta bebida tão associada a momentos de festas e família, mas que pode acumular alguns efeitos indesejáveis para sua saúde.

Noutro blog já abordei os males que o refrigerante pode causar aos  dentes no post "Refrigerantes: Beba com Moderação e Assista Menos Televisão!". Hoje vou atentar aos males que pode causar no nosso corpo:

A questão sobre o consumo desta bebida é tão grave, que os refrigerantes foram banidos das escolas na Grã-Bretanha e na França, e nos Estados Unidos, os sistemas escolares de Los Angeles, Filadélfia e Miami têm proibido ou limitado severamente as vendas de refrigerantes. Muitos estados dos EUA têm aprovado proibições estaduais ou tem limitado as vendas de refrigerantes nas escolas, como o Estado da Califórnia passando a mudar a legislação desde 2005. 

Um estudo avaliou 88 estudos científicos sobre refrigerantes e examinaram a associação entre o consumo de refrigerantes, nutrição e resultados de saúde. 

Foram encontrados claras associações de consumo de refrigerantes, maior consumo energético e aumento de peso corporal. O consumo de refrigerantes também foi associada a menor ingestão de leite, cálcio, e outros nutrientes e com um aumento do risco de diversos problemas de saúde como por exemplo, diabetes, obesidade, pedras nos rins, cáries, risco de hipertensão e hipocalcemia (diminuição na concentração de cálcio nos ossos). 


Estudos financiados pela indústria de alimentos relataram efeitos significativamente menores do que estudos não financiados pela indústria. Hoje portanto, a ciência recomenda fortemente a redução do consumo de refrigerantes pela população.
Estudos provam científicamente os males causados pelos refrigerantes. Por outro lado, o consumo desta bebida aumenta vertiginosamente todos os anos, embalados por um marketing agressivo que atingem toda a família, mas principalmente crianças e adolescentes. Portanto, um recado aos pais: Ensine seu filho pelo exemplo, beba menos refrigerante e se mexa mais! Vamos malhar na academia?

Fonte:

  • Vartanian LR, Schwartz MB, Brownell KD. Effects of soft drink consumption on nutrition and health: a systematic review and meta-analysis.Am J Public Health. 2007 Apr;97(4):667-75. Epub 2007 Feb 28.
  •  

Nenhum comentário:

Postar um comentário